Maria Morim

Maria de Lurdes Silva Morim, 41 anos,Leucemia Aguda Mieloblástica detectada em Fevereiro de 2000.
Ao escrever estas pequenas notas e sem ir muito ao fundo das coisas, tentarei transmitir o que vivi e senti nesta fase difícil da minha vida, que foi a doença que me bateu à porta há precisamente 8 anos. Assim, sem mais nem menos!

25 de Fevereiro de 2000. O pior dia da minha vida!

O mundo desabou na “hora da verdade”. Aquela hora para o qual nunca estamos preparados e que pensamos muitas vezes que só acontece aos outros.

- Primeiro a notícia, o choque. Depois, a dúvida, a incerteza, a insegurança e o receio. O receio dos tratamentos, de morrer e até de viver. Tudo era uma incógnita para mim.

Então, como superar tanta dor, tanto sofrimento?

- Coragem, fé, esperança, ânimo, confiança, são palavras de ordem para a recuperação. É também importante procurar saber o mais possível acerca da doença. Como se costuma dizer, conhecendo o “inimigo” mais fácil será combatê-lo!

10 de Julho de 2000. O melhor dia da minha vida!

Finalmente, chegou o dia do “renascimento”. Depois de muitos altos e baixos, avanços e recuos, chegou o dia mais esperado – o dia do auto-transplante. Estava muito feliz e confiante, porque sabia que estava a chegar ao fim o período mais negro da minha vida.

Tudo correu bem, tudo acabou bem! Até hoje, tudo continua bem!

Mas não sou a única! Muitos outros casos terminaram bem. É isso que conta! É isso que importa! É para estes casos que devem olhar! A cura é possível! É assim que devem pensar!

Nada disto seria possível sem o apoio da família e dos nossos amigos.Também não poderia esquecer a Equipa Médica, que foi maravilhosa, muito profissional e muito humana. Sem eles, nada feito!

Deixei me guiar por sentimentos e algumas lembranças, que não tendo sido fáceis de viver, também não quero esquecer de forma alguma. Agarrei-me àquilo que considero ser primordial para chegar até aqui e que mais contribuiu para minha recuperação. Espero que sirva para ajudar quem, neste momento, vive uma situação semelhante.